12/02/2021 às 11:42

12

Sexta

Fev

2 minutos de leitura
Compartilhar
Compartilhe

Por Rebeca Nevares, Sócia da Monte Bravo.

Apesar de mais um ano desafiador, a temporada de resultados do quarto trimestre de 2020 traz a expectativa de bons números. E não falo isso da boca para fora.

É o que dizem os analistas de algumas casas financeiras. Em meados de abril, no segundo trimestre do ano passado, o PIB brasileiro chegou a cair mais de 9% por conta da pandemia.

Porém, e este é um dos motivos para um certo otimismo, a recuperação veio no terceiro trimestre, com um crescimento de 7,7%.

O que se espera é uma continuidade de tal recuperação que, além de impulsionada pela retomada econômica, também foi beneficiada pela injeção de capital na economia por meio de incentivos fiscais. Isso aconteceu não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Além disso, quando olhamos para o fluxo de capital estrangeiro, vimos um aumento expressivo nos últimos meses. Foram mais de R$ 45 bilhões retornando de fora entre novembro e dezembro.

Isto sem falar na onda de IPOs e Ofertas (follow ons) no Brasil. Em 2020, foram 28, com captação total de R$117 bilhões. Esta é a maior quantidade desde 2007, quando a B3 registrou 64 IPOs.

Segundo dados da Bloomberg, o mercado como um todo espera um certo equilíbrio em relação ao terceiro trimestre, porém com uma leve melhora, inclusive em relação a 2019.

Olhando para os setores, não é muito difícil de imaginar quais devem ter destaque se você já acompanha o mercado. As commodities são exemplos disso.

As empresas produtoras de minério de ferro, petróleo (Brent) e celulose de fibra curta devem ter seus resultados impulsionados pelos preços desses insumos lá fora, mesmo com o dólar um pouco mais barato frente ao real.

Outro setor muito destacado pelos analistas é o de consumo, que deve ter os supermercados na linha de frente. Mesmo com a redução do auxílio emergencial. O racional por trás dessa ideia vem da necessidade das famílias em manter o isolamento, o que deve continuar o fortalecimento do consumo dentro de casa.

Por outro lado, os bancos, como sempre, ganham algum destaque. Existe ainda o receio com resultados fracos neste trimestre por conta dos provisionamentos, porém possivelmente haverá uma recuperação em relação ao período anterior (3 TRI). Pelo menos é o que vimos até aqui com Bradesco, Itaú e Santander.

Por fim, é preciso olhar para os desdobramentos na economia brasileira em 2021. O ano começou agitado com expectativa de alta da inflação e ambiente político externo conturbado (eleições nos EUA), algo que pressionou as moedas emergentes.

As eleições nas casas legislativas também afetaram o real. Todo este conjunto contribuiu para um início ruim para a nossa moeda.

Contudo, mesmo com o risco de inflação e pressões políticas, alguns analistas acreditam que o País deve encontrar certo nível de estabilidade, ainda que a pandemia tenha potencial para causar novos estragos na economia.

O equilíbrio só deverá acontecer, no entanto, caso a política fiscal seja mantida e o País se torne mais produtivo. Teremos que acompanhar.

Bons negócios!

Lembre-se: 

Contar com uma assessoria de investimentos de excelência e pronta para montar uma carteira funcional de acordo com o seu perfil é essencial para o sucesso de seu patrimônio. 

Por isso, conte com a Monte Bravo, principal empresa credenciada à XP Investimentos, e uma equipe de assessores especialistas em diversos produtos disponíveis no mercado. Faz a diferença ter a Monte Bravo cuidando do seu futuro. 

Conheça agora:

Artigos Relacionados

  • 11

    Quarta

    Mai

    11/05/2022 às 14:01

    Economia

    Web 3.0: o que é e como impacta os investimentos?

    Compartilhe

    CompartilhePor Helbert Costa, responsável pela área de inovação da Monte Bravo Investimentos Não é lá novidade que o mundo tem passado por um processo de transformação acelerado, sobretudo, no que diz respeito à tecnologia. Há dez anos ou 15 anos não ouvíamos os termos criptoativos e metaverso no Brasil, comuns no dia a dia de […]

    Continue lendo
  • 10

    Quinta

    Mar

    10/03/2022 às 13:57

    Economia

    A Rússia pode quebrar financeiramente?

    Compartilhe

    CompartilheDepois das sanções impostas à Rússia, com a incapacitação de envio de recursos através do sistema SWIFT, serviço de padronização de mensagens e informações financeiras, muitas dúvidas surgiram quanto a estabilidade econômica do país: será que a Rússia pode quebrar financeiramente? Um dos pontos mais discutidos do momento é sobre as reservas russas e se […]

    Continue lendo
  • 23

    Quarta

    Fev

    23/02/2022 às 15:32

    MB Sócios

    O que é uma Holding Familiar? Saiba se está na hora de criar a sua

    Compartilhe

    CompartilhePor Marina Gonçalves, advogada e responsável pela área de Wealth Planning na Monte Bravo  O planejamento patrimonial é fundamental para preservar, organizar e perpetuar o legado familiar. Com a devida execução, ele possibilita maior eficácia na governança, harmonia entre os membros da família, além de evitar litígios na disposição e partilha de bens, e ainda […]

    Continue lendo
Invista com a gente

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que utilizamos para melhorar sua experiência.

Fechar

Loading...

Fechar

1