19/03/2021 às 10:26

19

Sexta

Mar

2 minutos de leitura
Compartilhar
Compartilhe

Por Rebeca Nevares, Sócia da Monte Bravo.

A pandemia, de fato, trouxe novas investidoras para o mercado de investimentos. A necessidade de planejar as finanças ficou exposta diante da grave crise econômica (e sanitária) pela qual passamos.

E isso, de certa forma, contribuiu em um primeiro momento para a melhora do indicador.

Hoje somos mais de 924 mil investidoras! Porém algo tem chamado a atenção e eu gostaria de falar sobre este assunto emblemático no mês da mulher.

O que deve esta preocupação?

Segundo uma pesquisa realizada pela consultoria McKinsey em parceria com a Fundação Lean In, as profissionais mães de crianças pequenas têm sofrido de forma particular durante a pandemia. Isto por conta da necessidade de conciliar os cuidados com os pequenos e o trabalho.

De acordo com o relatório, uma em cada quatro mães com emprego (25%) pensa em reduzir a jornada de trabalho ou pedir demissão. No caso dos homens, tal questão só representa problema para 11% dos consultados.

Os dados foram compilados a partir do comportamento do povo americano, porém, ajudam a ilustrar um pouco do que ocorre no Brasil e no mundo. Você que está lendo este artigo provavelmente conhece alguma mulher que tem enfrentado dificuldades para conciliar vida doméstica e profissional.

Neste sentido, menos horas de trabalho ou simplesmente um pedido de demissão significam menos renda e isso tem causado prejuízos que podem ser irreparáveis para as vidas dessas mulheres.

Isto por conta da perda de capacidade financeira. Com menos dinheiro, não sobra o suficiente para investir e planejar o futuro.

E como podemos agir para reverter?

Uma matéria recente do Valor Investe ajuda a ilustrar o que eu digo. Segundo a reportagem, o ritmo de mulheres que investem tem aumentado, mas lentamente. Além disso, ela também explica que nos últimos dez anos a participação feminina na bolsa de valores aumentou somente um ponto percentual.

Eram 25,3% em 2012 e hoje representam 26,7%. Durante o período, a proporção de investidoras caiu por seis anos seguidos e desde 2018 tem subido.

Ao mesmo tempo, as meninas são maioria entre a população brasileira (51,1%, IBGE) e representam boa parte da força de trabalho do país.

A pergunta que fica é: apesar dos avanços, estamos no caminho certo? O que pode ser feito para a melhora desse cenário?

Conclusão

A resposta passa pelo contexto familiar da mulher e pela sociedade como um todo (incluindo empresas e governos). É importante que todos compreendam que este é um problema universal e mecanismos de mudança sejam criados. O ESG está aí para provar. Porém, ainda temos um longo caminho a percorrer.

Palavras bonitas e ações de marketing ajudam, mas o momento pede mais “ação” e menos promessas.

Lembre-se: 

Contar com uma assessoria de investimentos de excelência e pronta para montar uma carteira funcional de acordo com o seu perfil é essencial para o sucesso de seu patrimônio. 

Por isso, conte com a Monte Bravo, principal empresa credenciada à XP Investimentos, e uma equipe de assessores especialistas em diversos produtos disponíveis no mercado. Faz a diferença ter a Monte Bravo cuidando do seu futuro. 

Artigos Relacionados

  • 11

    Quarta

    Mai

    11/05/2022 às 14:01

    Economia

    Web 3.0: o que é e como impacta os investimentos?

    Compartilhe

    CompartilhePor Helbert Costa, responsável pela área de inovação da Monte Bravo Investimentos Não é lá novidade que o mundo tem passado por um processo de transformação acelerado, sobretudo, no que diz respeito à tecnologia. Há dez anos ou 15 anos não ouvíamos os termos criptoativos e metaverso no Brasil, comuns no dia a dia de […]

    Continue lendo
  • 10

    Quinta

    Mar

    10/03/2022 às 13:57

    Economia

    A Rússia pode quebrar financeiramente?

    Compartilhe

    CompartilheDepois das sanções impostas à Rússia, com a incapacitação de envio de recursos através do sistema SWIFT, serviço de padronização de mensagens e informações financeiras, muitas dúvidas surgiram quanto a estabilidade econômica do país: será que a Rússia pode quebrar financeiramente? Um dos pontos mais discutidos do momento é sobre as reservas russas e se […]

    Continue lendo
  • 23

    Quarta

    Fev

    23/02/2022 às 15:32

    MB Sócios

    O que é uma Holding Familiar? Saiba se está na hora de criar a sua

    Compartilhe

    CompartilhePor Marina Gonçalves, advogada e responsável pela área de Wealth Planning na Monte Bravo  O planejamento patrimonial é fundamental para preservar, organizar e perpetuar o legado familiar. Com a devida execução, ele possibilita maior eficácia na governança, harmonia entre os membros da família, além de evitar litígios na disposição e partilha de bens, e ainda […]

    Continue lendo
Invista com a gente

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que utilizamos para melhorar sua experiência.

Fechar

Loading...

Fechar

1