Come-cotas dos fundos exclusivos: o que fazer para fugir - Monte Bravo

Come-cotas dos fundos exclusivos: o que fazer para fugir

13/05/2024 às 12:10

13

Segunda

Mai

< 1 minuto de leitura
Compartilhar
Compartilhe

Ricardo Lopes, Head de Family Office da Monte Bravo e Rodrigo Marcatti, CEO da Veedha Investimentos, analisam os impactos da tributação de fundos exclusivos nas estruturas de investimentos e na sucessão das grandes fortunas

Ricardo Lopes, Head de Family Office da Monte Bravo, analisa os impactos da tributação de fundos exclusivos nas estruturas de investimentos e na sucessão das grandes fortunas

A partir deste ano, os investidores de fundos exclusivos fechados terão de pagar come-cotas semestralmente, em maio e em novembro, perdendo o benefício do deferimento fiscal. Com a mudança, as famílias donas de grandes fortunas estão revisando suas estruturas para torná-las o mais eficiente possível. E os wealth managers estão analisando como fazer isso.

“Na primeira análise temos que olhar o que existe dentro desses fundos que faria sentido a gente tirar e automaticamente voltar a ter benefício fiscal da não tributação. O que é fundo de ações, FDICs e FIPs. Essas alocações não fazem mais sentido em fundo multimercado exclusivo que será taxado semestralmente”, afirma Ricardo Lopes, Head de Family Office da Monte Bravo Corretora, ao Wealth Point do NeoFeed.

Confira no NeoFeed: clique aqui.

Artigos Relacionados

  • 13

    Segunda

    Mai

    Edifício-sede do Banco Central no Setor Bancário Norte, em lote doado pela Prefeitura de Brasília, em outubro de 1967

    13/05/2024 às 12:38

    Sala de Imprensa

    COPOM: redução no ritmo de corte da taxa de juros para 0,25 pp

    Compartilhe

    O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) se reúne nesta quarta-feira (20) e deve reduzir a taxa básica de juros da economia. Há uma dúvida, porém, sobre o tamanho do corte de juros.

    Continue lendo
  • 13

    Segunda

    Mai

    Vai ter rali no Ibovespa neste fim de ano?

    13/05/2024 às 12:28

    Sala de Imprensa

    Projeção para Ibovespa: Monte Bravo reduz de 170 mil para 155 mil pontos no fim de 2024

    Compartilhe

    CompartilheA Monte Bravo voltou a estimar o Índice Bovespa em 155 mil pontos no fim do ano, estimativa que havia sido alterada no começo de 2024 para 170 mil pontos. “Nosso cenário base do Ibovespa no final de 2024 é que o Índice será negociado em 155 mil pontos” afirma em relatório. Conforme a corretora, …

    Continue lendo
  • 13

    Segunda

    Mai

    13/05/2024 às 11:46

    Sala de Imprensa

    Herança e doações: a importância do planejamento em vida

    Compartilhe

    O Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (“ITCMD”) é um tributo estadual aplicável a toda pessoa física ou jurídica que receba bens ou direitos de forma não onerosa.

    Continue lendo

Fechar

Loading...