08/06/2022 às 15:59

08

Quarta

Jun

2 minutos de leitura
Compartilhar
Compartilhe

Os Fiagros caíram no gosto dos investidores, especialmente, pessoas físicas. Um estudo da B3, a Bolsa de Valores brasileira, mostra que este perfil corresponde a 98% do volume investido na classe, que passou a marca dos R$2 bilhões. 

Além disso, o levantamento ainda revela que desde a sua criação, em 2021, o número de investidores nesta categoria cresceu mais de 400%.  

Não é por menos. A criação deste tipo de fundo se deve ao setor no qual está inserido. Responsável por cerca de 27% do PIB brasileiro, o agronegócio tem chamado cada vez mais atenção ao colocar o Brasil como uma potência mundial do setor.  

Naturalmente, isso atrai um grande número de pessoas que tentam surfar neste momento. Sobretudo, por conta das facilidades. 

O que são Fiagros?

De um modo geral, os Fiagros são bastante parecidos com um dos investimentos mais queridinhos, os fundos imobiliários. Eles investem e pagam dividendos provenientes de alocações em plantas agrícolas e direitos creditórios. 

Atualmente, existem cerca de 40 produtos focados neste segmento, que tem distribuído proventos interessantes até aqui. 

Contudo, eles são negociados, em grande parte, na bolsa e sofrem com as oscilações naturais do mercado. Em outras palavras, a depender do fundo escolhido, a cota estará sujeita a valorizações e desvalorizações ao longo do tempo. 

Neste caso, é preciso que o investidor tenha objetivos bastante claros e compreenda a importância da diversificação de ativos a fim de evitar perdas significativas no mercado. 

Por outro lado, algo que chama a atenção nesta classe é a isenção de imposto de renda, assim como ocorre nos fundos imobiliários. 

Em valores iniciais, o pagamento de pequenas taxas pode não fazer diferença, mas no longo prazo, pode tomar proporções indesejadas. Portanto, a tributação é sempre algo a ser considerado quando falamos de planejamento financeiro. 

Converse com seu assessor para entender se este tipo de investimento combina com seu perfil e se está adequado à carteira. 

Artigos Relacionados

  • 25

    Quarta

    Mai

    Como funcionam os ciclos econômicos no Brasil e como impactam investimentos? Entenda.

    25/05/2022 às 10:04

    Economia

    Como funcionam os ciclos econômicos?

    Compartilhe

    CompartilheOs ciclos econômicos são um dos assuntos mais importantes para o investidor. Isto porque eles são responsáveis por boa parte do direcionamento de fluxo de capitais, seja no Brasil ou em qualquer outro país. De forma resumida, compreender como funcionam os ciclos econômicos ajuda a entender para onde vai o dinheiro e como você pode […]

    Continue lendo
  • 30

    Quarta

    Mar

    Collar é estratégia de proteção (Crédito: Unsplash/Joshua Mayo)

    30/03/2022 às 16:14

    Investimentos

    O que é um Collar e para que serve?

    Compartilhe

    CompartilheO Collar é uma estratégia de defesa para o(a) investidor(a) que já possui ou deseja comprar um ativo como proteção. Nessa estrutura, quem investe consegue garantir que a posição seja mantida em caso de queda do mercado ao mesmo tempo em que possibilita as chances de ganhos, se houver valorização e aumento de preços. No […]

    Continue lendo
  • 16

    Quarta

    Mar

    Aplicativo da Receita Federal

    16/03/2022 às 15:56

    Economia

    Como declarar ações no Imposto de Renda de 2022?

    Compartilhe

    CompartilheCom o aumento da quantidade de investidores no mercado de ações, muitos contribuintes começarão a fazer a declaração de operações na bolsa de valores no Imposto de Renda. O período para declarar vai até o dia 29 de abril. Mas o que é importante saber e como declarar ações no IR 2022? “Se você opera […]

    Continue lendo
Invista com a gente

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que utilizamos para melhorar sua experiência.

Fechar

Loading...

Fechar

1