Informe diário Monte Bravo Corretora — 24/06/2024 - Monte Bravo

Informe diário Monte Bravo Corretora — 24/06/2024

24/06/2024 às 08:48

24

Segunda

Jun

2 minutos de leitura
Compartilhar

O destaque desta semana será o PCE, índice de preços de despesas de consumo pessoal dos EUA, divulgado nesta sexta-feira (28). O indicador é o parâmetro que o Federal Reserve usa para a inflação.

Espera-se que o índice anual desacelere para 2,6% em maio — o que, se confirmado, reforçará as apostas em um corte na taxa de juros já em setembro.

Evidências estão se acumulando de que a economia dos EUA está desacelerando. A combinação de atividade em desaceleração, um mercado de trabalho menos aquecido e uma inflação mais baixa nos tornam cada vez mais confiantes de que o Fed começará a reduzir os juros  a partir de setembro.

Os futuros de taxas de juros estão embutindo um total de 47 p.b. de cortes em 2024, com 65% de chance do ciclo começar em setembro.

A política também é destaque na semana: o primeiro debate presidencial dos EUA acontece nesta quinta-feira (27), enquanto o primeiro turno das eleições francesas  será realizado no fim de semana.

Os títulos do Tesouro estão estáveis, com a taxa de juros do Treasury de 10 anos em 4,27% e a do Treasury de 2 anos em 4,74%.

O dólar está estável na segunda-feira, com o DXY — índice do dólar contra seis pares — em 105,8.

Os preços do petróleo sobem ligeiramente nesta segunda-feira (24), com os futuros do Brent subindo 15 centavos, ou 0,2%, a US$ 85,39 por barril.

Os mercados asiáticos caíram em sua maioria hoje. As ações europeias abrem positivas na manhã de segunda, enquanto os futuros das ações nos EUA estão próximos da estabilidade.

Após quatro semanas seguidas de quedas, o Ibovespa terminou a sexta-feira em alta de 0,74% aos 121.341 pontos. O dólar caiu 0,39%, cotado a R$ 5,4408.

Destaques do Boletim Focus do Banco Central (21/06/2024):

  • IPCA/2024 subiu de 3,96% para 3,98%, enquanto o IPCA/2025 subiu de 3,80% para 3,85%
  • PIB/2024 subiu de 2,08% para 2,09%, enquanto o PIB/2025 ficou estável em 2,0%
  • Dólar/2024 subiu de R$ 5,13 para R$ 5,15, enquanto o Dólar/2025 de R$ 5,10 para R$ 5,15
  • Selic/24 ficou estável em 10,50% a.a., enquanto a Selic/2025 ficou estável em 9,50% a.a.

Para acessar o relatório completo, clique aqui.

Artigos Relacionados

  • 19

    Sexta

    Jul

    19/07/2024 às 08:55

    Investimentos

    Informe diário Monte Bravo Corretora — 19/07/2024

    📄 Para conferir o Informe Diário em formato PDF, clique aqui. Mercados As ações mundiais caíram ontem (18) com um aumento de incerteza global. A perda de impulso no setor de tecnologia, desencadeada pelo agravamento das tensões comerciais entre China e EUA, a incerteza sobre a campanha do presidente Joe Biden nos EUA e dados …

    Continue lendo
  • 18

    Quinta

    Jul

    18/07/2024 às 08:56

    Investimentos

    Fundos imobiliários híbridos: vale a pena investir?

    Imagine combinar a previsibilidade da renda fixa com investimentos na economia real, em ativos como edifícios e terrenos para futuros empreendimentos. É isso o que os fundos imobiliários híbridos oferecem a investidores. Esse tipo de investimento não é novo no mercado, mas ganha atratividade em um cenário de juros altos (que favorecem o rendimento dos …

    Continue lendo
  • 18

    Quinta

    Jul

    18/07/2024 às 08:55

    Investimentos

    Informe diário Monte Bravo Corretora — 18/07/2024

    📄 Para conferir o Informe Diário em formato PDF, clique aqui. Mercados Os futuros de ações dos EUA estão em leve alta na manhã desta quinta-feira (18), após a pior sessão do Nasdaq Composite desde 2022. O movimento ocorre  em meio a uma rotação dos investidores, que estão saindo das gigantes de tecnologia para empresas …

    Continue lendo

Fechar

Loading...