26/02/2021 às 11:29

26

Sexta

Fev

2 minutos de leitura
Compartilhar
Compartilhe

Por Rebeca Nevares, Sócia da Monte Bravo.

Nesta semana, me deparei com uma publicação nas redes sociais que me fez saltar os olhos. Nela, uma gestora dizia que entre os maiores fundos multimercados brasileiros em 2009, menos da metade continua em atividade atualmente.

O post tinha como referência os dados do Índice de Hedge Funds (IHFA) da Anbima.

E não paramos por aí. Ao olhar as informações mais no detalhe, também encontrei uma reportagem do Valor Investe com dados que corroboram com as informações descritas acima.

De acordo com a matéria, dos 1890 fundos (de todas as classes) existentes em 2019, apenas 64 existiam há mais de uma década.

Ela ainda revela que a taxa de mortalidade destes superava 50% após o quinto ano de vida.

Qual é o grande problema nisso, Rebeca?

Em muitos casos, os investidores se deixam levar pela rentabilidade daquilo que é apresentado pela gestora e ignora aquilo que não é. Ou seja, ao longo do tempo, alguns gestores optam por manter abertos apenas os fundos que se mostraram lucrativos e fecham os que não foram.

Desta forma, colocam um viés que de certa forma prejudica quem vai investir.

Para dar um exemplo prático do que eu quero dizer, imagine que você tenha R$ 500 mil e queira entregar este dinheiro nas mãos de uma gestora que apresente bom histórico de ganhos.

Suponha que esta casa abriu 30 fundos ao longo dos seus 20 anos, mas apenas 10 deles tiveram um desempenho muito bom. Esta empresa pode, então, encerrar os outros 20 que ficaram abaixo das expectativas e substituí-los por outros novos, fazendo com que seu retrospecto seja positivo.

Para evitar este tipo de situação, faça uma análise detalhada dos “sobreviventes”, mas também daqueles que já foram encerrados antes de tomar uma decisão. Para isso, algumas perguntas devem ser respondidas.

Concluindo o pensamento

Como é realizada a gestão de risco? Quais são os valores morais e éticos da gestora? Como funciona o processo de investimento? Qual é a qualidade do time de gestão?

Se você ainda tem dúvidas, não hesite em procurar um profissional especializado. Em alguns casos, só uma pessoa de “mercado” poderá ajudar com uma análise qualitativa mais detalhada. Pense nisso.

Lembre-se: 

Contar com uma assessoria de investimentos de excelência e pronta para montar uma carteira funcional de acordo com o seu perfil é essencial para o sucesso de seu patrimônio. 

Por isso, conte com a Monte Bravo, principal empresa credenciada à XP Investimentos, e uma equipe de assessores especialistas em diversos produtos disponíveis no mercado. Faz a diferença ter a Monte Bravo cuidando do seu futuro. 

Artigos Relacionados

  • 11

    Quarta

    Mai

    11/05/2022 às 14:01

    Economia

    Web 3.0: o que é e como impacta os investimentos?

    Compartilhe

    CompartilhePor Helbert Costa, responsável pela área de inovação da Monte Bravo Investimentos Não é lá novidade que o mundo tem passado por um processo de transformação acelerado, sobretudo, no que diz respeito à tecnologia. Há dez anos ou 15 anos não ouvíamos os termos criptoativos e metaverso no Brasil, comuns no dia a dia de […]

    Continue lendo
  • 10

    Quinta

    Mar

    10/03/2022 às 13:57

    Economia

    A Rússia pode quebrar financeiramente?

    Compartilhe

    CompartilheDepois das sanções impostas à Rússia, com a incapacitação de envio de recursos através do sistema SWIFT, serviço de padronização de mensagens e informações financeiras, muitas dúvidas surgiram quanto a estabilidade econômica do país: será que a Rússia pode quebrar financeiramente? Um dos pontos mais discutidos do momento é sobre as reservas russas e se […]

    Continue lendo
  • 23

    Quarta

    Fev

    23/02/2022 às 15:32

    MB Sócios

    O que é uma Holding Familiar? Saiba se está na hora de criar a sua

    Compartilhe

    CompartilhePor Marina Gonçalves, advogada e responsável pela área de Wealth Planning na Monte Bravo  O planejamento patrimonial é fundamental para preservar, organizar e perpetuar o legado familiar. Com a devida execução, ele possibilita maior eficácia na governança, harmonia entre os membros da família, além de evitar litígios na disposição e partilha de bens, e ainda […]

    Continue lendo
Invista com a gente

Ao navegar neste site, você aceita os cookies que utilizamos para melhorar sua experiência.

Fechar

Loading...

Fechar

1